Normatização sanitária e qualidade microbiológica: a tradição produtiva em debate

Authors

  • Rafael do Valle Paiva
  • Cristiane Figueira da Silva
  • Natasha dos Santos Rosa
  • Cezar Augusto Miranda Guedes

DOI:

https://doi.org/10.55905/rdelosv17.n55-009

Keywords:

agricultura familiar, legislação sanitária, políticas públicas

Abstract

Ao longo de toda a sua constituição o Brasil vivenciou histórias de exploração desigual de seu território, resultando em um quadro de extrema desigualdade econômica e social, seja no campo, seja na cidade. A exploração intensiva da terra com modelos de produção de larga escala forjou uma enorme concentração de terras em todo o território nacional. A formação de Assentamentos de Reforma Agrária surgiu como resposta ao enorme conflito social que marca o meio rural brasileiro até os dias de hoje. O Assentado de Reforma Agrária aparece como novo ator no processo de disputa por autonomia e independência social e econômica. Contudo, a luta por inserção no mercado formal esbarra em barreiras não tarifárias, que submetem o produtor familiar ao mesmo controle rigoroso da Normatização Sanitária que é impelido aos grandes agropecuaristas nacionais. O presente estudo buscou demonstrar como se dá a relação entre a Legislação Sanitária e a produção tradicional camponesa, quais foram os processos buscados pelos assentados de reforma agrária para contornar as dificuldades impostas pelo regime de controle sanitário vigente no Brasil. Para tanto, trabalhou-se como objeto empírico o Projeto de Assentamento São Fidelis, situado em município homônimo e inserido na principal bacia leiteira do estado do Rio de Janeiro, o que possibilitou o acompanhamento de famílias assentadas com trajetórias na pecuária de leite e que em algum momento se depararam com as condicionantes da legislação sanitária em vigor. Pôde-se observar a ineficácia de atendimento às condicionantes da norma, bem como o desconhecimento das mesmas, o que reflete a debilidade da própria estrutura de fiscalização e acompanhamento da produção animal, por parte dos órgãos competentes. O que se tem é a necessidade de adaptação dos parâmetros sanitários à produção em escala reduzida, possibilitando a introdução desse setor, no mercado formalizado, gerando benefícios tanto para as famílias assentadas, quanto para o consumidor local.

References

_____________ Economia de Rede, o papel da distribuição e a problemática da Segurança Alimentar. Reestruturação do Sistema Agroalimentar,: Questões Metodológicas. Renato S. Maluf & John Wilkinson (orgs); Raúl Green ... (et alli). Rio de Janeiro: REDCAPA, 1999. 202p.

ALENTEJANO, PAULO ROBERTO R. A Evolução do Espaço Agrário Fluminense. GEOgraphia, ano 7, nº 73. Rio de Janeiro: UERJ, 2007. ALENTEJANO, P. O que há de novo no rural brasileiro? Terra Livre, São Paulo, n. 15, 2000.

AZEVEDO, PAULO FURQUIM; BANKUTI, FARENC ISTVAN. Na Clandestinidade: O mercado Informal de Carne Bovina. 2002. Disponível em: http://www.fearp.usp.br/egna/resumos/azevedofurquim.pdf. Acessado em 23 de jul. de 2006 às 22h26min.

BINSZTOK, JACOB. Considerações sobre a organização da produção leiteira no espaço agrário brasileiro. In: GEOgraphia – Ano. II – No 4 – 2000.

BRASIL, Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Manual de Legislação: programas nacionais de saúde animal do Brasil / Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Secretaria de Defesa Agropecuária. Departamento de Saúde Animal. – Brasília: MAPA/SDA/DSA, 2009.

BRASIL, Ministério do Desenvolvimento Agrário, Secretaria de Agricultura Familiar, Departamento de Geração de Renda e Agregação de Valor. Programa de Agroindustrialização da Produção Familiar: Documento Orientador sobre o Sistema Unificado de Atenção à Sanidade Agropecuária – SUASA. Brasília: MDA/SAF, 2008. BRESSAN, MATHEUS;

BRASIL. Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Relatório de Gestão 2010 / Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Brasília: ANVISA, 2011.

BRASIL. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Produção integrada no Brasil: agropecuária sustentável alimentos seguros / Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Secretária de Desenvolvimento Agropecuário e Cooperativismo. – Brasília: MAPA/ACS, 2009. 1008 p. 96

BRASIL. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal: Legislação / Ministério da Agricutura, Pecuária e Abastecimento. Secretaria de Defesa Agropecuária – Brasilia: MAPA/DAS, 2007.

CARRAZZA, LUIS ROBERTO; NOLETO, RODRIGO ALMEIDA; FIZOLA, BRUNO DE

CARVALHO; (Orgs). Cadernos de Normas Fiscais, Sanitárias e Ambientais para regularização de agroindústrias comunitárias de produtos de uso sustentável da biodiversidade. Brasília – DF: Instituto Sociedade, população e Natureza (ISPN), 2ª edição, 2012.

CEDRO. Plano de Recuperação do Assentamento São Fidelis/São Fidelis - RJ. Ministério do Desenvolvimento Agrário, Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária – INCRA – SR 07. Rio de Janeiro, 2013.

Cruz, F. T da & Schneider, S.. Qualidade dos Alimentos, escalas de produção e valorização de produtos tradicionais. Rev. Bras. de Agroecologia. 5(2): 22-38 (2010). DELGADO, GUILHERME C. A questão Agrária no Brasil, 1950-2003. In: Jaccoud, Luciana. (org.). Questão Social e Políticas Sociais no Brasil Contemporâneo. Brasília: Ipea, 2005.

CRUZ, F. T., Qualidade dos Alimentos e Escalas de Produção: Em Defesa de Critérios e Normas para Legitimação dos Produtos Artesanais/Tradicionais. Apresentação Oral in: SOBER 47º Congresso - Sociedade Brasileira de Economia, Administração e Sociologia Rural. Proto Alegre, 26 a 30 de julho de 2009.

DELGADO, NELSON GIORDANO. Negociações Comerciais Internacionais e Agricultura Familiar no Primeiro Governo LULA. Avanços e Impasses. Mundo Rural IV: Configurações Rural-urbanas: Poderes e Políticas. Eli Napoleão de Lima; et alli. (orgs.). Rio de Janeiro: Mauad X: Edur, 2007.

DIAS, MARCELO MINÁ. Extensão Rural para Agricultores assentados: uma análise das boas intenções propostas pelo “Serviço de ATES”. Cadernos de Ciência e Tecnologia. Brasília, v. 21, n. 3, p. 499-543, set./dez. 2004.

FLEXOR, GEORGES; LEITE, SERGIO PEREIRA. Análise de Políticas Públicas: Breves Considerações Teórico-metodológicas. Mundo Rural IV: Configurações Rural-urbanas: Poderes e Políticas. Eli Napoleão de Lima; et alli. (orgs.). Rio de Janeiro: Mauad X: Edur, 2007.

FURTADO, CELSO. Formação Econômica do Brasil. 34ªed. São Paulo: Companhia das Letras, 2007.

GOMES, S. T., Análise da economia leiteira brasileira. Trabalho solicitado pela ABPLB e FAESP para reunião com Dr. Milton Dalari realizada em 30/01/95.

LEITE, SÉRGIO; et alli. Impactos dos assentamentos: um estudo sobre o meio rural brasileiro. Brasilia, DF: Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura – Núcleo de Estudos Agrários e Desenvolvimento Rural: São Paulo: editora UNESP, 2004. 392p. (Estudos NEAD, 6).

LINHARES, ELIZABETH; et alli. Conhecendo os Assentamentos Rurais no Rio de Janeiro. Rio de Janeiro: CPDA/ UFRRJ, 2002. MADANÊLO, D. H. V. DE LIMA; MARAFON, G. J. O complexo agroindustrial da pecuária de leite no estado do Rio de Janeiro, 2002.

MACEDO, MARIANO DE MATOS; BATALHA, MÁRIO OTÁVIO; SANTOS, CARLOS MANUEL V. A. Análise da competitividade da cadeia agroindustrial de carne bovina no Estado do Paraná / Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico e Social, Instituto Brasileiro da Qualidade e Produtividade e Grupo de Estudos e Pesquisas Agroindustriais da UFSCAR. – Curitiba: IPARDES, 2002. 255 p.

MALUF, RENATO S. JAMIL. Segurança Alimentar e Nutricional/ Renato S. Jamil Maluf. Petrópolis, RJ: Vozes, 2007.

MALUF, RENATO S; MENEZES, FRANCISCO; VALENTE, FLÁVIO L. Contribuição ao Tema da Segurança Alimentar no Brasil. Revista Cadernos de Debate, vol. IV, Núcleo de Estudos e Pesquisas em Alimentação da UNICAMP, pp 66-88, 1996.

MARTINELLI, MARÍA APARECIDA. Codex Alimentarius e a Inocuidade de Alimentos. Editora Biblioteca Virtual Proyecto FODEPAL. Unicamp. outubro, 2003.

MARTINS, J. S. O Sujeito da Reforma Agrária: estudo comparativo de cinco assentamentos, In: Martins, J.S. (Coord.). Travessias: estudo sobre a vivência da reforma agrária nos assentamentos. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2003.

MARTINS, MARCELO COSTA. Segurança Alimentar na Cadeia Produtiva do Leite e Alguns de Seus Desafios. Revista de Política Agrícola. Ano XIII, nº3, jul./ago./set., 2004.

MEDEIROS, LEONILDE SERVEVOLO DE. Movimentos Sociais, Disputas Políticas e reforma Agrária de Mercado no Brasil. Rio de Janeiro: CPDA/UFRRJ e UNRISD, 2002.

Microbiologia Veterinária e Doenças Infecciosas / P. J. Quinn, B. K. Markey, M. E. Carter, W. J. Donnelly e F. C. Leonard; trad. Lúcia Helena Niederauer Weiss e Rita Denise Niederauer Weiss. – Porto Alegre: Artmed, 2005.

PEIXOTO, MARCOS; et alli. Plano de Desenvolvimento Sustentável do Assentamento Che Guevara/Campos dos Goytacazes/RJ. Ministério do Desenvolvimento Agrário, Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária – INCRA – SR 07. FAPUR-UFRRJ. Rio de Janeiro, mai.,2001. QUINN, P.J; et alli.

PLOEG, Jan Douwe van der. Camponeses e impérios alimentares: lutas por autonomia e sustentabilidade na era da globalização. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2008. PRADO JUNIOR, CAIO. Formação do Brasil Contemporâneo: Colônia. São Paulo: Editora Brasiliense, 2008.

ROCHA, SIGFREDO RODRIGUES. A Carne Para Consumo Humano no Brasil Central: A Evolução da Pecuária de Corte, a Clandestinidade do Abate e a Eficácia da Norma. Monografia de Final de Curso, Fundação Oswaldo Cruz, Escola Nacional de Saúde Pública Sérgio Arouca, Curso de Especialização em Direito Sanitário para Profissionais de Saúde, Brasília, dez., 2003.

SIMIONATTO, IVETE. Reforma do Estado ou Modernização Conservadora? O Retrocesso das Políticas Sociais Públicas nos Países do Mercosul. 2006. Disponível em: http://www.artnet.com.br/gramsci/arquivo150.htm. Acessado em 18 de jul. de 2006 às 15h21min.

SOUZA, PAULO MARCELO DE; PONCIANO, NIRALDO JOSÉ; MATA, HENRIQUE TOMÉ DA COSTA. Estrutura Fundiária das regiões Norte e Noroeste do estado do Rio de Janeiro: 1972 a 1998. RER, Rio de Janeiro, vol. 45, nº 01, p. 071-091, jan/mar 2007 – impressa em março de 2007.

SPERS, EDUARDO EUGÊNIO. Mecanismos de Regulação da Qualidade e Segurança em Alimentos. Tese de Doutorado, Faculdade de Administração e Economia, Universidade de São Paulo. São Paulo, 2003.

WILKINSON, John. A agricultura familiar ante o novo padrão de competitividade do sistema alimentar na América Latina. Estudos Sociedade e Agricultura, Rio de Janeiro, 21, p.62-87, 2003.

WILKINSON, JOHN; MIOR, LUIS CARLOS. Setor Informal, Produção Familiar e Pequena Agroindústria: Interfaces. Revista Estudos Sociedade e Agricultura, nº13, out., 1999. 100

Published

2024-05-08

How to Cite

Paiva, R. do V., Silva, C. F. da, Rosa, N. dos S., & Guedes, C. A. M. (2024). Normatização sanitária e qualidade microbiológica: a tradição produtiva em debate. DELOS: Desarrollo Local Sostenible, 17(55), e1433. https://doi.org/10.55905/rdelosv17.n55-009

Issue

Section

Articles